Menu


VITÓRIA 87FM

Caiado entrega computadores e moradias em Valparaíso de Goiás

14 SET 2021
14 de Setembro de 2021

Investimento na construção de apartamentos em quatro residenciais é de R$ 47 milhões. Governo estadual, por meio da Agehab, chega a 1.224 moradias concluídas somente no município. Entorno do DF tem prioridade para investimentos, com 2.423 famílias beneficiadas. Solenidade marca, ainda, entrega de Chromebooks para alunos da 3ª série do Ensino Médio

Em Valparaíso, o governador Ronaldo Caiado entrega 474 moradias: “São R$ 7,1 milhões que o Estado arrecadou em forma de imposto, que nós estamos transferindo para todas as famílias que são proprietárias aqui”

O governador Ronaldo Caiado entregou, nesta segunda-feira (13/09), 474 moradias em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Construídos em parceria do Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), com o governo federal, os apartamentos estão distribuídos em quatro residenciais: Golden Park VII (60 unidades habitacionais), Golden Park IX (60), Monte Sião VII (114) e Mabel V (240).

Ao todo, foram investidos R$ 47 milhões, sendo mais de R$ 7 milhões de recursos estaduais. Na oportunidade, foram entregues 1.367 Chromebooks aos alunos da 3ª série do Ensino Médio matriculados nas unidades da rede estadual.

Para a construção das unidades, houve contrapartida estadual de R$ 15 mil por unidade habitacional para as famílias habilitadas no programa do Governo de Goiás de moradia, com renda de até três salários mínimos. O valor ajuda a viabilizar o financiamento do imóvel pelos beneficiários junto à Caixa Econômica Federal (CEF), de forma que cobre ou reduz o valor da entrada, assim como abaixa a quantia que deverá ser paga nas prestações.

O financiamento é feito em até 360 meses, com valor médio da parcela de R$ 480. Cada moradia do residencial conta com 44,77 m² na unidade padrão e 47 m² no apartamento térreo. Os empreendimentos possuem vaga de garagem, acesso social com guarita e playground.

“Se não fosse a contrapartida do Governo de Goiás, dificilmente, a pessoa que está adquirindo a casa teria como adquiri-la. Isso inviabiliza a condição de pagar as parcelas e, como tal, não teria direito à casa própria”, ressaltou Caiado. Para ele, a entrega das moradias reverte a tributação estadual para o cidadão e promove justiça social. “São R$ 7,1 milhões que o Estado arrecadou em forma de imposto, que nós estamos transferindo para todas as famílias que são proprietárias aqui”, frisou.

O governador Ronaldo Caiado ainda detalhou a maneira como a política habitacional tem sido executada de forma a atender estrategicamente cada parcela da população. “Nas regiões onde as pessoas fazem o convênio com a Caixa Econômica, nós damos a contrapartida de R$ 15 mil a R$ 20 mil em cada casa ou apartamento. Em localidades mais vulneráveis, construímos e entregamos casas de graça”, explicou.

Caiado também lembrou de ações para revitalizar casas “totalmente inviabilizadas” e sem estrutura completa. “Estamos reformando para dar dignidade às pessoas que lá habitam. Essa é uma política social muito forte do governo”, acrescentou.

O presidente interino da Agehab, Luiz Sampaio, destacou que as obras estão sendo entregues “graças à união de forças” em várias instâncias da administração pública e enalteceu a liderança de Caiado neste processo. “Essa é a determinação do nosso governador: que seja levada dignidade, por meio da moradia, às famílias que sonham em ter sua casa própria construída ou reformada. É isso que o governo está levando: qualidade de vida aos quatro cantos do Estado”, defendeu.

Para o vice-governador, Lincoln Tejota, a entrega demonstra que as políticas públicas podem transformar a vida da população. “Estamos de fato cumprindo a função do Estado. Hoje é um dia de celebração, porque estamos vindo aqui devolver o imposto que elas [famílias] pagam, por meio do benefício”, reforçou ao citar a entrega de moradias que também ocorrem a custo zero em outras linhas de atuação da administração estadual, como no Programa Goiás Social.

O prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró, celebrou a entrega das unidades habitacionais e reconheceu que Caiado chega aos municípios “com trabalho prestado, seriedade e responsabilidade”. “É motivo de muita satisfação entregar essas moradias. As pessoas aqui têm raízes. Nós, governo do Estado, do município e federal, temos que achar uma alternativa para poder fixar essas moradias”, assinalou.

Mais moradias para o Entorno
Por determinação do governador Ronaldo Caiado, a Agehab intensificou os investimentos na região do Entorno do DF com objetivo de colocar um ponto final no histórico de abandono vivenciado nas gestões passadas. A região contava com um dos maiores déficits habitacionais do Estado, sem o investimento proporcional à demanda.

Até o momento, o Governo de Goiás já entregou 1.224 moradias em Valparaíso. Em toda a região do Entorno do Distrito Federal, foram construídas e distribuídas 2.423 unidades habitacionais, sob investimento de R$ 216 milhões, sendo R$ 35 milhões do Governo de Goiás.

Inovação e avanços

Por meio da Agehab, o Estado também beneficiou mais de 5 mil famílias, desde 2019, com a entrega de 5.257 unidades habitacionais distribuídas em 17 municípios: Goiânia, Valparaíso de Goiás, Anápolis, Bonfinópolis, Guarinos, Luziânia, Cidade Ocidental, Porangatu, Nova Veneza, Barro Alto, Planaltina, Mozarlândia, Santo Antônio de Goiás, Córrego do Ouro, Senador Canedo, Morrinhos e Campo Alegre.

O investimento total para construção das moradias entregues foi de R$ 426 milhões, resultado de parcerias firmadas pelo Estado com o governo federal, os municípios e as entidades. O investimento estadual foi no valor de R$ 74,9 milhões.

Outras 7.699 moradias estão em andamento em parceria com o governo federal e os municípios, ultrapassando R$ 900 milhões de investimento com recursos estaduais, federais e municipais.

E mais 4.450 iniciadas a partir deste mês, do Programa Goiás Social, com recursos exclusivamente do Governo de Goiás, provenientes do Fundo de Proteção Social do Estado (Protege) e, em parceria direta com os municípios que doaram terrenos regularizados e urbanizados. Estas casas serão doadas a custo zero para as famílias mais vulneráveis. Os investimentos são da ordem de R$ 395 milhões.  

Também com o Goiás Social, serão reformadas em todo o Estado 4.550 unidades habitacionais, com investimento de R$ 96,1 milhões. Este novo programa de reforma é modelo para o País, com a contratação de empresas pela Agehab para execução de toda a obra com valores unitários que variam de R$ 18 mil a R$ 25 mil, conforme o estado de precariedade da moradia.

O total em recursos destinados às obras de construção e reforma de moradias entregues, em andamento e iniciadas, os investimentos em moradia da gestão atingem a marca de R$ 1,386 bilhão.

Ainda foram entregues pela gestão de Ronaldo Caiado quase 3 mil escrituras e outras 4,5 mil estão em andamento. Pelo Fundo Protege, foram disponibilizados R$ 15 milhões para avançar com o programa de regularização fundiária urbana para as 10 regiões de planejamento do Estado.

Beneficiário em Valparaíso de Goiás, Marcos Oliveira, destacou o diferencial de ter sido contemplado no programa habitacional. “Eu já trabalhei na área e sei muito bem que existem pessoas que não conseguem. Com esse benefício, facilita bastante”, avaliou. “Todos ficam felizes por ter uma moradia digna e dar uma estrutura melhor para família. Nos dias de hoje, segurança é fundamental”, afirmou ao mencionar que, com as chaves da moradia em mãos, a mudança será na próxima semana.

Tecnologia na Educação
A entrega de 1.367 Chromebooks aos alunos da rede estadual em Valparaíso de Goiás dá prosseguimento à iniciativa que vai contemplar 60 mil estudantes em todo o Estado. “Hoje, todos os alunos da terceira série do ensino médio estão recebendo uma ferramenta da Google. É o que tem de mais sofisticado”, enalteceu Caiado.

A medida resulta de um empenho na ordem de R$ 144 milhões de recursos orçamentários estaduais. “Estamos dando às nossas crianças ferramentas necessárias para poderem ter um bom resultado, ao mesmo tempo, poderem ter acesso às faculdades e aos cursos profissionalizantes que desejarem”, pontuou o governador. “É o que tem de mais moderno, de melhor qualidade, para que a escola pública seja referência”, concluiu. 
Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!