Menu


VITÓRIA 87FM

Cadeirante é preso suspeito de agredir a ex-mulher por não aceitar que ela fosse embora de bar, em Goiânia...

28 JUL 2020
28 de Julho de 2020
Segundo o boletim de ocorrência, a vítima relatou que o ex-marido a empurrou quando ela deixou o local e a fez cair, causando ferimentos nos braços e pernas.Um cadeirante de 57 anos foi preso suspeito de agredir a ex-mulher, de 44 anos, no Setor Central, em Goiânia. Segundo o registro da ocorrência, o investigado convidou a ex-mulher para beber em um bar e, quando ela quis ir embora, ele não aceitou e iniciou a briga.

O G1 não conseguiu localizar a defesa do suspeito até a publicação dessa reportagem.

O caso aconteceu no sábado (25). A mulher procurou uma base da Guarda Civil Metropolitana (CGM) e denunciou o companheiro, que foi localizado momentos depois.

A vítima relatou às autoridades que, durante a discussão, quando se virou de costas para deixar o bar, o homem a empurrou. Ao se desequilibrar, ela caiu no chão e teve escoriações nos braços e pernas.

“Como tínhamos as características do autor, conseguimos localizá-lo pouco tempo depois”, disse o guarda civil metropolitano Gustavo Toledo.

Segundo o registro da ocorrência, os dois já tiveram um relacionamento, mas, atualmente, estavam separados. A vítima relatou aos guardas que já tinha sofrido outras agressões, mas nunca tinha denunciado.

O homem foi preso em flagrante e levado para a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), onde foi autuado por agressão dentro da Lei Maria da Penha.
Por Vitor Santana, G1 GO
GO.RádioVitória#radiovitoriafm#radioemaparecida#radiogoiania#radionotiacias#radiodeaparecidadegoiania#adilsonpereira
#coronavirusgoias
#esportegoias
#musicasertaneja
#fiqueemcasa                                 #policiacivil
#policiamilitar
#prefeituradeaparecidadegoiania
Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!