Menu


VITÓRIA 87FM

Goiânia acompanhará decreto que determina lockdown de 14 dias, diz Iris...

29 JUN 2020
29 de Junho de 2020
Alteração no decreto estadual, que deve ser publicada em breve, trará fechamento alternado do comércio em Goiás, sendo 14 dias de fechamento e 14 dias de abertura,Em reunião com o governador Ronaldo Caiado (DEM), o prefeito Iris Rezende (MDB) disse que Goiânia acompanhará as recomendações do governo estadual e o novo decreto, que determina o lockdown de 14 em 14 dias, em Goiás. O documento deve ser alterado e publicado ainda nesta segunda-feira (29/6) e pode entrar em vigor já na terça-feira (30). Demais prefeitos em Goiás e representantes dos Poderes Legislativo e Judiciário também participaram do encontro por videoconferência.

Leia abaixo o comunicado publicado pelo prefeito, logo após a reunião:

Durante videoconferência com governador @ronaldocaiado e representantes de diversas entidades, o prefeito Iris Rezende concordou com as recomendações dos técnicos e pesquisadores da Saúde, que sugeriram um fechamento alternado (14 dias de fechamento e 14 dias de abertura). O prefeito destacou as medidas do município para reforçar a Saúde na Capital e também a importância da colaboração dos moradores, neste momento. A expectativa é conter o avanço da doença em Goiânia.

Lockdown de 14 dias em Goiás
O lockdown de 14 em 14 dias foi proposto pelo governador após um estudo da Universidade Federal de Goiás (UFG) mostrar que a adoção do fechamento poderia salvar ao menos 9 mil vidas, até setembro deste ano.


 
Caiado reforçou que a responsorialidade dessa fase crítica no estado deve ser assumida por todos. “Eu não posso aceitar que haja omissão de autoridades. A responsabilidade é de todos nós. Cada prefeito e cada prefeita vai responder pelo caos nos seus municípios. Reflitam bem, analisam bem. Fornecerei as minhas polícias a todos os prefeitos que quiserem que haja cumprimento 14 por 14”, reforçou.

Explicado sobre o lockdown na modalidade 14 por 14, o governador ponderou que a análise feita pela UFG é compatível com a realidade, com o crescimento do número de contaminados no estado.

“E lógico que já existe um decreto do Governo do Estado, esse decreto, quando foi publicado, ele foi extensivo durante 120 dias e o único acréscimo feito a ele serão algumas atividades que foram ali liberadas e que será apenas um decreto complementar durante os 14 dias, elas serão retiradas da autorização de atividades e serão incluídas nas restrições”, explicou Caiado.

O governador continua: “Depois dos outros 14 dias, aí, nós teremos um outro rito, ampliando essas atividades ou todas as atividades dentro de critérios que nós seguiremos aquilo que o estudo da UFG vai nos orientar. Então, neste momento, nós complementaremos o decreto que está em vigor.”

Thyélen Lorruama diario online

GO.RádioVitória#radiovitoriafm#radioemaparecida#radiogoiania#radionotiacias#radiodeaparecidadegoiania#adilsonpereira
#coronavirusgoias
#esportegoias
#musicasertaneja
#fiqueemcasa                                 #policiacivil
#policiamilitar
#prefeituradeaparecidadegoiania
#prefeituradeaparecida                 ....
Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!