Menu


VITÓRIA 87FM

Homem e adolescente são suspeitos de matar homem que chamou a polícia após discussão, em Goiânia...

21 MAI 2020
21 de Maio de 2020
Segundo a polícia, a vítima foi estrangulada e esfaqueada dentro de casa após passar a tarde bebendo com a dupla. Menor foi apreendido e comparsa, preso.A Polícia Civil prendeu um homem e apreendeu um adolescente que são suspeitos de matar Roberto Gomes da Silva, de 45 anos, após ele ter chamado a polícia para tentar afastar a dupla, em Goiânia. A vítima foi estrangulada e esfaqueada dentro de casa após passar a tarde bebendo com os dois. Objetos roubados foram encontrados com um dos investigados.

Os nomes dos suspeitos não foram divulgados. Por isto, a reportagem não conseguiu localizar a defesa deles. Segundo a Polícia Civil, ambos confessaram participação na morte de Roberto.

O crime aconteceu no dia 16 de abril. De acordo com a polícia, Roberto discutiu com os dois investigados e pediu que fossem embora da casa dele. Caso não saíssem, ele chamaria a polícia.

O homem e o adolescente saíram e ficaram na casa do menor, que era vizinho da vítima. Temendo que os dois pudessem lhe atacar, Roberto chegou a ligar para a Polícia Militar. Na gravação da conversa, a vítima pede socorro e diz que estava com um ferimento no braço.

A Polícia Civil informou que o homem realmente teve um ferimento no braço dias antes do crime, mas acredita que ele usou esse argumento para que a PM fosse até a casa dele sem despertar a atenção da dupla que estava na casa vizinha.

Por se tratar de um pedido de socorro devido a um ferimento, a polícia encaminhou a ligação para o Corpo de Bombeiros. Porém, a ligação caiu e nenhuma equipe foi enviada.

“Quando eles [suspeitos] foram embora, ficaram na casa do adolescente e passaram a escutar o que a vítima estava fazendo. Ele realizou essa ligação para a Polícia Militar e ele falou a expressão ‘sargento’. Eles escutaram essa expressão, tomaram ódio e passaram a planejar essa morte”, contou o delegado Fabrício Flávio Rodrigues.

Suspeitos confessam o crime
Durante as investigações, a polícia encontrou a pessoa que comprou o celular roubado do idoso. Ele disse que o adolescente tinha vendido o aparelho. Quando o garoto foi apreendido, confessou o ato à Polícia Civil e apontou onde morava o comparsa.

Na casa do maior, a polícia encontrou a televisão e o liquidificador roubados da vítima. Ele também confessou ter cometido o crime e foi indiciado por homicídio qualificado seguido de furto, corrupção de menores, tráfico de drogas e posse ilegal de munição de uso permitido.

Já o adolescente foi apreendido, mas foi liberado pela Justiça e aguarda as próximas etapas em casa. A família da vítima está revoltada com a situação.

“A gente fica muito surpresa, porque esse menor tem que estar preso. Se ele fez isso com meu irmão, pode fazer com outra pessoa. Até hoje não acredito que ele morreu”, disse a irmã de Roberto, Maria Consuelo.
Por Vitor Santana, G1 GO                                                                                                     Rádio Vitória#radiovitoriafm #radioemaparecida #radiogoiania #radionotiacias#radiodeaparecidadegoiania
#adilsonpereira
#coronavirusgoias
#esportegoias
#musicasertaneja
#fiqueemcasa                                 #policiacivil
#policiamilitar
#prefeituradeaparecidadegoiania
#prefeituradeaparecida....
Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!