Menu


VITÓRIA 87FM

Médico goiano morre com tiro na cabeça dado por PM no DF....

28 NOV 2019
28 de Novembro de 2019
Conforme a versão da Polícia, o homem que estava com o médico teria sacado uma arma e a apontado para os policiais que os abordaram, o que fez com que o PM reagisse e abrisse fogo.Um médico endocrinologista de 45 anos, natural de Ceres, interior de Goiás, morreu no início da madrugada desta quinta-feira (28/11) na Asa Sul, em Brasília, após ser atingido com um tiro na cabeça. O disparo partiu de um membro da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) que, segundo a corporação, agiu em legítima defesa. Conforme a versão da Polícia, o homem que estava com o médico goiano teria sacado uma arma e a apontado para os policiais que os abordaram, o que fez com que o PM reagisse e abrisse fogo.

As informações disponíveis até agora dão conta de que o endocrinologista Luiz Augusto Rodrigues estava com um amigo em frente ao Teatro dos Bancários, por volta de 0h15 de hoje, próximos a um Ford Ranger, quando foram abordados por uma equipe da PMDF. A corporação informou que a abordagem foi feita uma vez que os policiais detectaram atitude suspeita por parte da dupla.

A PMDF informou que assim que foi abordado, um dos homens, amigo de Luiz Augusto e que seria PM reformado, sacou um revólver de calibre .38 e apontou para os policiais.

Foi então que, ainda de acordo com a PMDF, os policiais, diante do risco iminente, efetuaram dois disparos, e um deles atingiu Luiz Augusto na cabeça, matando-o instantaneamente. O Corpo de Bombeiros foi acionado pelo PMs e morte foi constatada.

Flamenguista, médico goiano teria planejado ir ao Rio de Janeiro assistir à entrega da taça; caso da morte é investigado
Um homem, que conhecia o médico Luiz Augusto, contou a um veículo de Brasília que o endocrinologista era flamenguista e tinha planejado ir ao Rio de Janeiro assistir à entrega da Taça da Libertadores, conquistada recentemente pelo time carioca.

Porém, conforme o homem, a companhia aérea cancelou os bilhetes e Luiz Augusto precisou ficar em Brasília.


 
Por volta das 9h50 de hoje, a Polícia Civil chegou ao local onde ocorreu o crime em busca de imagens que possam ajudar a esclarecer o fato. A ocorrência foi registrada pela 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), mas a PM informou que o caso será apurado pela corregedoria da corporação.

Médico goiano morre com tiro na cabeça dado por PM no DF
Foto: Nathália Cardim/Metrópoles
Segundo apurado pelo portal Metrópoles, a corporação afastou das ruas o soldado autor do tiro que matou o médico. Ele está recebendo apoio psicológico.

Em nota, a PMDF se manifestou sobre o caso. Veja abaixo:

“NOTA SOBRE OCORRÊNCIA NA 314/315 DA ASA SUL

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informa que, por volta de 0h15, policiais militares que patrulhavam a região suspeitaram de dois homens que estavam próximos de um veículo na comercial da 314/315 da Asa Sul e ao realizarem a abordagem, um dos suspeitos teria sacado uma arma de fogo, um revólver calibre 38, e apontado em direção à equipe de serviço. 

Diante do cenário, os policiais informaram que tiveram que reagir em legítima defesa efetuando dois disparos, sendo que um deles teria atingido um dos homens.

Imediatamente, os policiais acionaram o socorro do Corpo de Bombeiros Militar que confirmou o óbito no local do fato. A ocorrência foi registrada na 1º DP. 

A Polícia Militar lamenta profundamente o desfecho da ocorrência e informa que vai instaurar, ainda hoje, um Inquérito Policial Militar para apurar todas as circunstâncias.

Ton Paulo DIARIO ONLINE.....
Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!