Menu


VITÓRIA 87FM

Dupla é presa suspeita de se passar por policiais, invadir casa, matar homem e filmar crime em Caldas Novas....

07 NOV 2019
07 de Novembro de 2019
Kléber Oliveira Veiga Costa estava em casa com a mulher e o filho de 3 anos quando o crime aconteceu. Suspeita é que assassinato foi motivado pela disputa entre facções criminosas.Dois homens foram presos suspeitos de se passar por policiais, invadir uma casa e matar o morador, em Caldas Novas, no sul de Goiás. O assassinato foi filmado com o celular por um dos criminosos.

Os dois foram presos na quarta-feira (6), dois dias após o crime. Kléber Oliveira Veiga Costa estava em casa com a mulher e o filho de 3 anos, quando dois homens arrombaram o portão e entraram dizendo que eram policiais.

Em seguida, os criminosos levaram a vítima até a cozinha, onde a mataram com um tiro na cabeça. Em seguida, eles fugiram. Os suspeitos foram presos em um hotel de Caldas Novas.


Dupla é presa suspeita de se passar por policiais, invadir casa e matar homem, em Caldas Novas — Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoDupla é presa suspeita de se passar por policiais, invadir casa e matar homem, em Caldas Novas — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Dupla é presa suspeita de se passar por policiais, invadir casa e matar homem, em Caldas Novas — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Segundo a polícia, um terceiro envolvido no crime ainda não foi localizado. Ele seria responsável por ter dado as armas à dupla e filmado o crime.

“Junto com o Chrystian, encontramos em um hotel da cidade o parceiro dele, que foi quem efetuou os disparos contra o Kléber. Existe um terceiro, que foi descrito por eles como o que ficou com as armas usadas, ele teria sido a pessoa que deu suporte à fuga. Essa pessoa ainda não foi identificada ainda, as investigações continuam”, disse o delegado Rogério Moreira.

Crime por vingança
Chrystian Rodrigues Marques e Douglas de Oliveira Macedo confessaram à polícia ter matado o rapaz. O G1 não conseguiu localizar a defesa dos dois presos até a última atualização dessa reportagem.


Em um vídeo feito no momento da prisão, Douglas diz que agiu por vingança. “O mesmo matou uns parentes meu de sangue, um primo e um outro que morava com ele lá. Um estava saindo do presídio e o outro foi dentro de casa, quando ele estava com a mulher dele. O Kléber mandou o pessoal dele matar os meus primos. E eu vim só vingar”, disse.
Por Vitor Santana, G1 GO.....
Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!