Menu


VITÓRIA 87FM

Mulher usa fio dental para amarrar bilhete em xampu e pedir ajuda após ser assaltada por falso carteiro, em Luziânia....

10 SET 2019
10 de Setembro de 2019
Segundo moradora, homem estava vestindo uniforme dos Correios e cometeu crime junto com comparsa. Trancada em quarto com a filha e sem celular, ela teve de improvisar para pedir socorro: 'Traumático'.Uma mulher foi vítima de um assalto após ser abordada, na porta de casa, por um homem que se passava por funcionário dos Correios, em Luziânia, no Entorno do DF. Junto com a filha, de 12 anos, ela foi trancada no banheiro e teve que usar a criatividade para pedir ajuda: escreveu um bilhete de socorro, amarrou em um frasco de xampu com fio dental e jogou para casa da vizinha por cima do muro.

De acordo com a mulher, que não teve a identidade revelada, assim que o assaltante chamou na porta pelo interfone, ela olhou pelo monitor das câmeras de segurança e viu um homem com uniforme dos Correios. "Era uma moto com um rapaz. Tinha uma maletinha atrás da moto igual à dos Correios", conta.

Ao abrir, na manhã do último sábado (7), ela foi rendida. O homem e um comparsa, armados, entraram na residência e trancaram a mulher na suíte junto com a filha. Em seguida, roubaram dinheiro e o aparelho que grava as imagens da câmera de segurança e fugiram no carro da família.

"Uma sensação horrível, algo muito grave, muito traumático", desabafou.

Criminosos chamaram pelo interfone e roubaram carro e dinheiro assim que moradora abriu a porta — Foto: Reprodução/TV AnhangueraCriminosos chamaram pelo interfone e roubaram carro e dinheiro assim que moradora 

Bilhete no xampu
Trancada dentro do quarto - que tem janela com grade - e sem celular, a mulher teve que ser criativa para pedir socorro e se libertada. Ela então teve uma ideia. Ao ver que havia um caderno na mesa de cabeceira, ela pegou uma folha, e escreveu a seguinte mensagem

"Aqui em casa está tendo um assalto. Liga para a polícia", assinando em seguida.
Ela então amarrou o papel em uma embalagem de xampu com um pedaço de fio dental e arremessou pela janela do banheiro até o quintal da vizinha.

A moradora do imóvel ao lado estava lavando louça quando viu o frasco, leu e acionou a Polícia Militar, que foi até o local, arrombou a porta e salvou a mulher e a adolescente.

Em nota, os Correios informaram que não sabiam do caso e "uniformes da empresa são confeccionados por meio de contrato de licitação, centralizado em Brasília".

O órgão salientou que os clientes devem ficar alerta para o uso completo do uniforme, incluindo o crachá funcional.

 Seja o primeiro a comentar
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


Escreva um comentário...
Enviar
V
Por Sílvio Túlio, G1 GO
...
Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!