Menu


VITÓRIA 87FM

Polícia Civil deve ouvir testemunhas de execução gravada, em Anápolis...

08 FEV 2019
08 de Fevereiro de 2019
Homem estava com namorada, na porta de condomínio, quando foi assassinado a tiros. Câmeras de monitoramento mostram toda a ação,Leonardo Neves Rodrigues de Andrade, de 20 anos, foi morto na madrugada desta sexta-feira (8), em Anápolis, a 51 quilômetros de Goiânia. Ele estava na porta de um condomínio, no Setor Jundiaí, com a namorada, quando foi executado, segundo o Registro de Atendimento Integrado (Rai) da Polícia Civil. Câmeras de monitoramento mostram quando uma dupla de homens chega em um carro e desce do veículo atirando: eles executam a vítima na frente da mulher e vão embora.

O Delegado Fábio Vilela, adjunto do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), de Anápolis, quer ouvir ainda nesta sexta-feira pelo menos seis pessoas sobre o caso. “Nossos agentes estão nas ruas, e buscam quaisquer informações que possam ajudar nesse caso. Quero ouvir todas as testemunhas, inclusive a mulher apontada pelo relato policial como namorada da vítima.”

“A equipe plantonista já apurou no local quaisquer características que pudessem levar os autores a executar Leonardo. Vamos apresentar um resultado o quanto antes”, disse o delegado adjunto, que atendeu ao Mais Goiás assim que acabara de receber a informação de uma provável autoria. “É uma pessoa que está sumida, e não vamos descartar nada que nos chegar. Iremos apurar tudo com empenho. Não temos hora para parar de trabalhar”, informa.

Vídeo
No vídeo, Leonardo está em frente ao condomínio com a namorada, e os dois são surpreendidos pela chegada de uma dupla em um carro. Eles descem, e já começam a atirar no homem. A mulher, que está bem perto, segundo mostra a cena, não é atingida. A vítima tenta correr, mas é alcançada em seguida. Os bandidos executam Leonardo e fogem no carro.
Da redação, do Mais Goiás | Postado 
...
Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!