Menu


VITÓRIA 87FM

 Filha diz que mãe morreu devido a complicações após cirurgia espiritual com médium em Aparecida de Goiânia....

10 JAN 2019
10 de Janeiro de 2019
Mulher morreu menos de um mês após procedimento. Homem é investigado até o momento cinco mortes, três em Goiás e dois na Bahia.Uma depiladora de 29 anos diz que sua mãe, de 57 anos, morreu devido a complicações após uma cirurgia espiritual com o médium Antônio Miguel Rodrigues, em Aparecida de Goiânia. Ele é investigado por cinco mortes de pacientes. Agora, a filha luta para que o caso seja investigado e os culpados, punidos. “Para evitar que aconteçam novas mortes e fazer justiça pelos que não estão mais aqui”, disse, sem querer ter a identidade divulgada.

A mulher, que também pediu que o nome da mãe não fosse informado, prestou depoimento nesta quinta-feira (10) à Polícia Civil, que investiga as mortes. A mãe sofria de uma doença chamada púrpura, uma doença autoimune no sangue.

“Ela fazia tratamento com corticoides, mas o corpo já não estava respondendo mais a eles. Só que ela tinha uma vida normal convivia com a doença. Aí uma tia minha levou minha mãe ao centro espírita para tentar uma melhora ou até mesmo a cura”, disse a filha.

O procedimento foi no dia 4 de dezembro. “Ele furou a barriga dela e as pernas, saiu muito líquido e sangue. No dia 10 tivemos que internar ela às pressas. No dia 26 ela morreu. Os médicos falam que houve uma infecção generalizada e também complicações da doença”, disse.

Para ela, a saúde da mãe piorou de uma maneira muito rápida após a cirurgia. Agora, a polícia apura o caso. “Ela relata da mesma forma que outras pessoas contaram na delegacia, que após ser submetida a uma cirurgia espiritual nesse centro espírita, realizada pelo médium Antônio, a mãe veio a óbito menos de um mês depois. Lá [no centro espírita] elas pagaram tanto pela consulta quanto pela cirurgia, uma média de R$ 400”, explicou a delegada Cybelle Tristão.

O advogado de defesa do médium, Gilberto Alves, disse que vai se reunir com o cliente para ver se ele se recorda quem são esses pacientes e qual a posição dele sobre as denúncias. Ele se apresentou à polícia goiana no último sábado (5) para responder sobre os casos ocorridos no Nordeste. Filha dele também foi ouvida e disse que pai é inocente.


Além disso, a família de um idoso de 80 anos também prestou depoimento, informando que o pai faz pagamento por vários tratamentos com o médium. Duas filhas foram ouvidas como testemunhas sobre a conduta do Antônio.

Outros crimes
Além dessa mulher que morreu após a cirurgia espiritual, a polícia apura a morte de outras mulheres em Goiás e mais duas pessoas na Bahia, onde ele também fazia atendimentos. Ele atende há 28 anos em Aparecida de Goiânia e há 4 anos, uma vez por mês na Bahia.

As pacientes goianas do médium são Sebastiana Peixoto, de 73 anos, que morreu 17 dias após passar por cirurgia espiritual, e Raimunda Matos de Souza, de 55 anos, que morreu duas semanas após fazer tratamento para uma pedra na vesícula.

Além disso, na Bahia, onde atendia uma vez por mês, Antônio é investigado por mais duas mortes, de Vanderluce Soares dos Soares dos Santos, de 42 anos, que chegou a ficar um mês internada, e Arnaldo Domingos dos Passos, 78, e por ter causado lesões graves em Mário Joaci Pereira Rocha, 71......
Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!